quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Tudo tem seu tempo

A alguns anos eu postei um texto falando sobre o luto, vocês podem verificar aqui no blog, e estive a pensar o que o tempo é capaz de fazer para cicatrizar as feriadas do passado e ate mesmo as perdas indesejadas, nesses dias encerrou a novela Além do tempo que mostrou uma bela mensagem que quero deixar aqui a todos vcs do blog e um vídeo onde nos apresenta a voz do saudoso Chico Xavier falando sobre raiva, tema também já discutido aqui no blog, é tudo muito lindo, mostra que tudo tem seu tempo, e claro tanta perfeição mereceu um espaço aqui no viver bem...beijoss...e fica permitido.




segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Celular x Relação social

   
                 No dias atuais vejo varias, inúmeras pessoas utilizando o celular para todos os fins, ler email, ler um livro, acessar as redes sociais, pagar contas, enfim são inúmeras as vantagens oferecidas através do celular, e também existe a proibição como no transito, mas mesmo assim as pessoas utilizam, nos restaurantes é comum vermos as pessoas mexendo no celular sem dar a mínima para quem esta perto, fico a pensar ate que ponto essa relação com a tecnologia é saudável?  É legal trocar minutos de encontro com alguém, um jantar em família e deixar de estar ali, para estar com outro virtualmente?
       A verdade é que estamos vivendo uma era de solidão, pois o companheiro das pessoas esta sendo o celular e não o outro na relação pessoal, através dele eu crio possibilidades e encontros virtuais, deixando de lado os encontros pessoais, caso estes ocorram volto a teclar com o celular, existe um relacionamento hoje muito forte do eu com o tecnológico, será que e as pessoas conseguem ficar pelo menos 2 dias sem celular, já fiz esse teste e olha é ótimo a sensação de liberdade, de despreocupação com assaltos e eu estou sempre nos locais por inteiro e não apenas virtualmente.
     Claro o celular tem as suas vantagens, mas não estar com ele nos momentos de lazer e de esporte, me faz entrar em contato com o que esta ali e não com o virtual, é nesses momentos que curtimos a vida, experimentamos momentos valiosos na relação com o outro e com a vida. 


domingo, 27 de dezembro de 2015

A pessoa nas redes sociais , falsidade ou essência ?

        Já tem algum tempo que vejo vários posts, varias mensagens de amigos virtuais falando sobre falsidade x realidade nas redes sociais, pensei vou postar no blog um texto falando sobre esse assunto, vamos começar falando sobre a questão de falsidade, quando uma pessoa se mostra na rede social ela quase sempre quer varias curtidas, e comentários para se satisfazer sendo assim ela vai mostrar apenas às coisas boas, como a viagem internacional, sucesso profissional, o carro novo que comprou e por ai vai...sendo assim ela não esta sendo falsa pois esta mostrando a realidade que existe, porém ela mostra uma parte da realidade do seu dia a dia  e não o seu todo.

           É justamente esta a definição que podemos dar para persona, para a máscara que utilizamos para nos apresentar ao mundo. Selecionamos a cara, a face, a máscara que é melhor, que será aceita e curtida. Portanto, o que aparece é apenas um lado do que se é.
Vou nomear essa situação de narcisismo, pois conforme mostra (Zimermam, 2004) a pessoa entra em estado de ilusão em busca de uma completude. Como é impossível manter-se na permanente crença absoluta de que haja uma total indiferenciação entre o “eu” e os “outros”, o adulto narcísico passa por um intenso sofrimento decorrente do reconhecimento de que ele necessita dos outros, portanto necessita desses para a sua sobrevivência física e psíquica.  
Com isso vemos porque existem varias pessoas que trocam de fotos a cada 2 horas, existem uma necessidade que esta ali, e que muitas vezes não é mostrada no dia a dia.

Amigos reais

         Conforme mostra estatística do próprio facebook ele nos informa que a grande maioria das pessoas tem centenas de amigos, mas conversam no Bate papo  com 4 ou 5 pessoas, pois nem todos os amigos fazem parte do seu convívio real, ou seja que se importa com você, para saber se esta bem ou não, sendo assim esse numero se torna pequeno e evidencia o fato de que as pessoas mostram na rede social, mas não são.

Conclusão

         Nem tudo que se mostra é, acredito que nas redes sociais posso publicar e sair em busca de vários likes, porém isso representa a realidade? Acho muito proveitoso os encontros e reencontros que as redes sociais proporcionam para todos, mas sinto que muitos se distanciam do convívio social para mostrar a ilusão e se sentir saudável nessa situação, isso não é legal, curto sim quem usa desses recursos com moderação, mas que mantém um relacionamento social saudável, fora das redes sociais. 

sábado, 27 de dezembro de 2014

Ano novo... Atitudes novas


                                             Trilha: Passenger : Let her go ( you tube )





Feliz ano novo... Que tudo se realize... e assim começa uma melodia cantada por muitas na virada de cada ano de 31/12 para 01/01 onde inicia um novo ciclo, é comum vermos as pessoas fazerem simpatias, vestirem as cores que atraem diversas coisas , mas o que eu faço para alcançar essas coisas ? Fico só pedindo, mas não mudo as atitudes, já parou para pensar como seria legal você mandar uma mensagem para aquela pessoa que você tanto ama e ela responder? Se não responder tome atitude e passe para outra, aquela vaga de emprego que você tanto almeja não conseguiu esse ano, em janeiro mande para vários outros com o mesmo perfil de vaga, tome atitude como meta primordial de sua vida, eu já fiz a minha escolha para 2015, 100% atitude.


Agradeço de coração a cada um que visitou o blog o viverbem nesse ano de 2014, promete que no próximo ano vou lançar mais posts com os temas que fazem o viver bem acontecer de verdade. Feliz 2015


É como disse Carlos Drummond:
“É dentro de você que o ano novo cochila e espera desde sempre” *






                                                                                             Imagem: Google

* Carlos Drummond de Andrade ANDRADE, C. D. Receita de Ano Novo. Editora Record. 2008.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

A inveja e o invejado




             Já faz um longo tempo que tenho interesse de colocar esse tema no blog, quem nunca passou por situações no trabalho, na família, na faculdade de pessoas que sentem inveja? o individuo que tem inveja do outro ele não enxerga a si próprio, ele somente consegue perceber o outro e busca tudo igual ao outro, muitas vezes ate mesmo querendo ser este outro,esse ultimo agrava ainda mais a situação uma vez que ele pode assassinar a pessoa com interesse em seu poder, em suas coisas enfim é o querer ser o outro e não si mesmo.

          Esse sentimento pode ser definido como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual.

        luta secreta e constante, aquele que se sente insuficiente tenta esconder sua vergonha de ser incapaz. Assim, procurando evitar qualquer situação que o faça sentir mais humilhado, ele ataca antes de ser atacado. Isto é, ele compete sozinho. A competição é um hábito do invejoso, pois ele tem dificuldade de receber ajuda, fazer junto e cooperar. O invejoso sente tem até mesmo dificuldade de receber presentes, pois ele teme qualquer situação que revele sua auto-imagem de carência e necessidade. Por isso, quando os recebe, procura sempre retribuí-los logo. Muitas vezes, a dificuldade de delegar tarefas também pode estar relacionada à inveja.

        O Novo Dicionário Aurélio explica: “Inveja é o desgosto ou pesar pelo bem ou pela felicidade de outrem. Um desejo violento de possuir o bem alheio”. Já o Dicionário de Psicologia Dorsch esclarece: “A inveja pertence aos sentimentos intencionais. É uma insatisfação, o aborrecimento com a alegria do outro”. Portanto, aquilo que é invejável é encarado como algo de muito valor.

Pór sua vez o invejado ele sempre ganha, uma vê que tudo que se planta colhe, é tarefa do invejoso semear a discórdia e plantar falsos comentários do invejado afim de destruir sua imagem, é o famoso chavão pedra no meu sapato, claro esse tipo de conduta incomoda  ainda mais quando acontece dentro de casa, mas devemos sempre perceber que só conseguimos mudar de vida e sermos bom em determinada coisa quando colocamos real intenção em nós mesmos, nunca, jamais tentar destruir o outro ou ser igual ou melhor cada um tem seu talento, devemos admirar o outro com seu dom, mas jamais invejalo.

                                                                       ***

Citação :
Numa luta secreta e constante, aquele que se sente insuficiente tenta esconder sua vergonha de ser incapaz. Assim, procurando evitar qualquer situação que o faça sentir mais humilhado, ele ataca antes de ser atacado. Isto é, ele compete sozinho. A competição é um hábito do invejoso, pois ele tem dificuldade de receber ajuda, fazer junto e cooperar. O invejoso sente tem até mesmo dificuldade de receber presentes, pois ele teme qualquer situação que revele sua auto-imagem de carência e necessidade. Por isso, quando os recebe, procura sempre retribuí-los logo. Muitas vezes, a dificuldade de delegar tarefas também pode estar relacionada à inveja.
(http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=04605 ) Bel Cesar


Capa do post 
Google 

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Superação depoimentos....isso é viver bem



Superação....já falamos aqui no blog sobre esse tema, mas eu precisei mostrar na pratica  o que é superação, de quem passou na vida momentos muitos difíceis e soube dar a  volta por cima, olhem que essas pessoas tinham tudo para desistir, mas amam a vida, tem  fé na vida, e então vc esta esperando o que para se superar ? 

 * Essas historias são depoimentos reais apresentados no final da novela viver a vida apresentado pela rede globo de televisão.



                                       
                                         
                                            
                                           

 


domingo, 2 de fevereiro de 2014

O amor

                                                                       



O que significa para você o sentido da palavra amor ? Fico a pensar..., consigo definir ela em palavras ou expressões ate que ponto ? o amor ele não é expressado somente com palavras ele vem acompanhado de gestos ,olhares,dedicação,paciência,tempo, tudo isso ajuda a compor o amor que acontece muitas vezes de maneira inesperada....

Como vimos no poema de Camões:

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que se ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

 O amor não é paixão pois se fosse seria passageira, amor é sofrimento...é doação...é aceitação.....é uma ferida que doí e não se sente, já me parei para pensar na seguinte pergunta o amor mata ? Não, o amor jamais mata ele jamais coloca um ponto final ele é o inicio, é o ponto de ebulição entre duas pessoas, ou entre amigos...

Porque não amar? O amor é lindo é o mais belo sentimento e também o mais raro, muitas pessoas casam por beleza, essa é passageira meia idade ou seja chegando aos seus 50 anos ela começa a cair por terra, outros casam por dinheiro, na primeira queda financeira pedem o divorcio e alegam mil coisas, mas quem casa por amor, tudo suporta, tudo crê, tudo espera, vejam o amor é bíblico emana de Deus veja a passagem:



Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

1 Coríntios 13:1-13

Tipos de amor

Amor Ágape
É uma das diferentes palavras do vocabulário grego que significa amor. O termo já foi utilizado de várias maneiras diferentes por diversas fontes contemporâneas, inclusive em versículos bíblicos. O amor ágape está muito ligado ao amor divino, incondicional e com sacrifício. Embora muitas pessoas não saibam, ele também pode ser praticado por humanos, mas em grau inferior devido a imperfeição e limitação humana. Ele é o amor afetivo, isento de conotações sexuais, segundas intenções, malícias e interesses pessoais.
Ágape é o amor do afeto e da satisfação, pois na fraternidade o amor se satisfaz por ser compartilhado e ter resposta. A satisfação de Ágape também diz respeito ao prazer por boa comidas e bebidas partilhados entre pessoas fraternas, formando assim um ambiente harmonioso. Na mitologia grega, Prometheus, que veio dos céus e tem o amor titânico pela terra, é um maiores exemplos da manifestação de Ágape.
Platão e outros filósofos gregos da antiguidade faziam o uso da palavras para denotar o amor a integrantes de uma família, de um grupo com afinidades, ou um afeto para uma atividade particular em grupo. Em textos gregos antigos como o poema “A Odisseia” de Homero, o amor Ágape é notado nas ações de seus personagens e nas relações entre marido, esposa, filhos e empregados, onde percebe-se respeito e admiração, além da satisfação e do prazer em compartilhar refeições entre pessoas fraternas que se respeitam.

Amor Philos
Amor Philos é o amor fraternal, que envolve lealdade, igualdade e mútuo benefício, além de dedicação ao objeto amado. A dedicação desse amor pode chegar a ser mental, que está entre o espiritual e emocional. É o caso do amor pela sabedoria, que pode ser um meio de crescimento mental, intelectual e cultural. Esse tipo de amor se manifesta pela inquietude interior que impulsiona o ser humano a buscar uma sabedoria que o torará maior, mais nobre e digno de ser amado. Além disso, se manifesta como prazer pelo conhecimentos e cultura.
Esse amor também se refere ao amor de amizade, que não monopoliza, não escraviza e não cria dependentes, quando se ama o outro da forma que ele é. Para o filósofo grego Epicuro, a amizade é o máximo que a sabedoria da felicidade pode proporcionar na vida.

Amor Eros
O amor Eros representa o amor sexual, carnal, repleto de paixões inebriantes, a pura atração física, que manifesta o instinto de união e reprodução. Eros representa o amor pela beleza e a perigosa obsessão pelo amado e o prazer que ele traz. É o amor fundamental para a natureza, pois é a força primitiva da procriação e preservação da espécie. Eros é o tipo de amor mais perigoso dos três, pois se não vivido de forma equilibrada com Ágape e Philos pode trazer muita dor.
Na Bíblia Sagrada este é amor erótico é um presente que Deus concedeu ao ser humano e pode ser vivido de forma sadia quando o homem integra, unifica corpo e alma.
Para um amor bonito, romântico e sensual, Eros deve unir-se com Ágape, formando assim um amor de reciprocidade e desejo mútuo um pelo outro.


 Agora falamos tanto de amor que tal uma linda musica de produção nacional que fala com maestria sobre o amor..Marisa Monte Amor I love You